voltar
Piometra é uma infecção bacteriana no endométrio, em consequência de um prolongado estímulo hormonal. A invasão bacteriana é facilitada pelo acúmulo de líquido no lúmen uterino e glândulas endometriais, em conjunto com da diminuição da contratilidade do miométrio que é causada pelo hormônio progesterona.

Em cadelas, esta é uma patologia comum, sendo que a patologia primária, normalmente se deve a uma hiplerplasia endometrial cística, gerada pela contínua exposição do endométrio a progesterona, durante um certo período de tempo.
Como nas cadelas o diestro é muito longo, estas ficam mais predispostas ao aparecimento de piometra. A hiperplasia uterina somada à diminuição das defesas celulares e imunitárias locais propiciam ótimas condições para a multiplicação de bactérias da própria flora existente na vagina.

Algumas pessoas ainda têm o costume de administrar anticoncepcionais para as fêmeas e esses possuem altas doses de progesterona. Com isso pode-se concluir que a chance de infecção nesses animais é muito grande.

Os sinais clínicos aparecem, geralmente, um mês após o término do último cio, que são: anorexia, depressão, febre, aumenta a ingestão de água e, em consequência, aumento do volume urinário; vômito, em casos de cérvix aberta, há a presença de um corrimento espesso, de coloração castanha e fétido.

O diagnóstico é feito através da técnica de ultra-sonografia, que é capaz de avaliar tamanho e espessura do útero, e algumas vezes, o tipo de secreção acumulada no lúmen uterino.

Quando não diagnosticado a tempo as bactérias ultrapassam a parede do útero, que é permeável, caindo na corrente circulatória e causando a chamada Septicemia, ou seja, infecção generalizada. Outra complicação comum é quando o útero está tão grande que se rompe e a secreção purulenta cai na cavidade abdominal, podendo levar o animal à morte rapidamente.

Mesmo com o tratamento adequado 4 a 20% dos animais vão a óbito, pois é uma infecção muito grave, portanto se sua cadela ou gata apresenta estes sintomas leve-a imediatamente a um veterinário. Quanto mais tempo a infecção durar, mais difícil será de reverter o quadro.

A única forma de prevenir a piometra é a castração que também traz outros benefícios, como a prevenção do câncer de mama. Lembre-se: nunca administre anticoncepcionais e quanto mais cedo levar sua cadelinha ou gatinha para castrar, melhor!!!


O tratamento recomendado é a castração, ou seja, a retirada dos ovários, trompas e útero.

Fontes:
http://www.webanimal.com.br/cao/index2.asp?menu=piometra.htm
http://forumleaodarodesia.forumeiros.com/saude-f12/piometra-nas-cadelas-t133.htm
http://www.petsuper.com.br/piometra.htm
http://www.estateplanninglawblawg.com/2009/04/sad-day-in-dogtown-dogs-get-1.html


© Copyright 2011 Animali - Todos os direitos reservados. - Desenvolvido por Gabriel Isoton